fbpx

Ao longo desta semana, e em particular no próximo sábado, dia 7 de Setembro, muitas comunidades vão responder ao apelo lançado pelo Papa Francisco de rezar pela Paz. Motivado pelo conflito na Síria, o Sumo Pontífice desafiou os fiéis de todo o mundo a pedir paz na Síria, no mundo e também nos nossos corações.

 

Partilhamos aqui algumas orações pela Paz que te poderão ajudar a meditar ao longo do dia ou a dinamizar uma oração na tua comunidade.

Senhor, Deus de paz, que criaste todos os homens,
E que os amas com a tua benevolência,
Para  viverem na intimidade da tua glória,
Nós Te bendizemos e Te damos graças;
Porque nos enviaste Jesus, o teu Filho amado.
Tu fizeste d’Ele, no mistério da sua Páscoa.
O artífice da nossa salvação.,
A fonte de toda a paz, o laço de toda a fraternidade.
Nós Te damos graças pelos desejos, pelos esforços, pelas realizações
Que o teu Espírito de paz suscitou no nosso tempo,
Para substituir o ódio com o amor,
A desconfiança pela compreensão,
A indiferença com a solidariedade.
Abre ainda mais os nossos corações às exigências concretas do amor para com todos os nossos irmãos
Para podermos ser sempre cada vez mais construtores de paz.
Lembra-Te, Pai de misericórdia, de todos os que sofrem e morrem no parto de um mundo mais fraterno.
Que para os homens de todas as raças e línguas venha o teu Reino de justiça, de paz e de amor.
E que a terra se encha da tua glória!
(Paulo VI)


Deus dos nossos pais, grande e misericordioso,
Senhor da paz e da vida, Pai de todos.
Tu tens projectos de paz e não de aflição,
condenas as guerras e abates o orgulho dos violentos.
Tu enviaste o teu Filho Jesus para anunciar a paz
A quem está perto e a quem está longe,
A reunir os homens de todas as raças e línguas numa só família.
Escuta o grito unânime dos teus filhos, súplica sincera de toda a humanidade:
Nunca mais a guerra, espiral de lutos e de violências;
Ameaça para todas as tuas criaturas no céu, na terra e no mar.
Em comunhão com Maria, a mãe de Jesus, Te suplicamos:
Fala ao coração dos responsáveis pelo destino dos povos,
Pára a lógica da vingança,
Sugere com o teu Espírito soluções novas,
Gestos generosos e honrados,
Espaços de diálogo e de espera paciente
Mais fecundos que os ritmos acelerados da guerra.
Concede ao nosso tempo dias de paz.
Nunca mais a guerra!
(João Paulo II)


Nós Te agradecemos os progressos já obtidos na procura da paz, nas diversas zonas em conflito e Te pedimos que concedas sucesso a todos os esforços para evitar outros conflitos, e que os povos martirizados possam encontrar uma solução, uma paz justa, acompanhada pelo perdão e pela reconciliação.
Senhor, escuta a nossa oração!

Senhor, unimo-nos às orações de todos os homens de boa vontade e pedimos a tua misericórdia para eles e apara nós.
Senhor, escuta a nossa oração!

Senhor. Ilumina a mente dos governantes. Que eles possam entender o grave dano que provocam aos seus povos quando se opõem à justiça, aos direitos humanos. Move os corações endurecidos de quem usa violência contra o seu próximo.
Senhor, escuta a nossa oração!

Rezamos-Te por aqueles que se empenham directamente na luta contra a injustiça a discriminação, a violência e a favor dos direitos humanos; aqueles que arriscam partilhar a sorte de todas as vítimas. Dá-lhes a força e a coragem de continuar o seu empenho e conforto nos momentos de desânimo.
Senhor, escuta a nossa oração!


Reconhecemos o teu amor de Pai quando dobras a dureza do coração do homem
E num mundo lacerado por lutas e divisões nos tornas disponíveis para a reconciliação.
Com a força do Espírito, Tu ages no íntimo dos corações, para que os inimigos se abram ao diálogo, os adversários se dêem as mãos e os povos se encontrem na concórdia.
Por teu dom, ó Pai, a procura sincera da paz extingue os conflitos, o amor vence o ódio e a vingança é desarmada pelo perdão.

Nós Te bendizemos, Deus omnipotente, Senhor do céu e da terra, por Jesus Cristo teu Filho vindo ao mundo em teu nome. Ele é a mão que estendes aos pecadores, a palavra que nos salva, o caminho que nos guia para a paz.
Todos nos afastámos de Ti mas Tu mesmo, ó Deus nosso Pai, Te fizeste próximo de cada homem; com o sacrifício de Cristo, entregue à morte por nós, Tu nos reconduzes ao teu amor, para que também nós nos entreguemos aos nossos irmãos.
Também a nós oferece um tempo de reconciliação e de paz, para que confiando unicamente na tua misericórdia reencontremos o caminho do regresso a Ti e, abrindo-nos à acção do Espírito Santo, vivamos em Cristo a vida nova, no louvor permanente do teu nome e ao serviço dos irmãos.

Siga-nos

Visite as livrarias

Quem Somos

Somos uma editora católica, fiel ao carisma de S.João Bosco. Especializados em catequese e pastoral juvenil, estamos em Portugal há quase 70 anos. "Educação e Evangelização" é o nosso lema. Temos lojas próprias nas cidades do Porto, Lisboa e Évora e estamos presentes nas principais livrarias católicas portuguesas.

Contactos

Rua Duque de Palmela, 11
4000-373 PORTO

(+351) 225 365 750

edisal@edicoes.salesianos.pt