fbpx

Índice do artigo

6. Meditação
Enquanto Cristo morria na cruz, Pedro morria negando. O Senhor Jesus ressuscita dos mortos e, no seu amor, ressuscita Pedro” (S. Agostinho).
Nenhum homem vale pelo seu pecado, todo o homem vale quanto vale o seu coração. Todo o homem tem na sua vida a paisagem da pesca. De um momento para o outro tudo muda. Basta deixar Deus entrar.
7.Oração
Momentos decisivos. Quando, depois das noites de insónia raiar um novo dia cheio de luz, que eu nunca o dê como definitivo. Quando as redes do mar da minha vida parecem ter perdido energia, que eu perceba que esse momento é o início surpresa de novas conquistas. Quando alguém se aproxima de nós e partilha connosco a sua interioridade e intimidade, algo começa a mudar em nós. É a chegada da nova aurora depois duma pesca sem peixes. Que a minha resposta no fim do caminho seja sempre a mesma: Senhor que queres que eu faça? Senhor, que eu tenha sempre uma réstia de fé para esse momento.
8. Contemplação
8.1 O fim da cena
A cena terminou em silêncio,
silêncio total na obra da criação
e no espaço celeste, depois da profissão
“É o senhor”, o personagem da praia.
O cenário do mar,
o suspense dos personagens
e o diálogo entre Jesus e Pedro
Ficaram a pairar no ar
levados pela brisa marítima.
“Simão, filho de João. Tu amas-me?”–
Perguntou Jesus a Pedro.
“Senhor, Tu sabes tudo,
bem sabes que Te amo
– Respondeu Pedro à terceira vez.
“Apascenta as minhas ovelhas” –
Conclui Jesus.
As estrelas também caem um dia.
Mas, desta vez,
a resposta de amor de Pedro por Jesus
irá pairar no céu para sempre
Como nossa resposta.
8.2 Poema
Banquete na praia
Lançai a rede para o lado direito do barco e haveis de encontrar” Jo 21,6.


Redes confusas na praia vazias
Numa noite escura sem destino
Recebem a ordem do Mestre Divino
Voltam ao mar para nova travessia.

“Chegaste à fronteira,
Aqui estou.
Confia em Mim.
Te esperava há muito tempo”.

Cento e cinquenta peixes estão nas barcas
Banquete na praia feito por Jesus
Festa de Deus ao lume com as brasas.
É o Senhor! O Deus de amor e luz.

“Junto a ti estou
Não tenhas medo,
Eu te dou amor.
Teu receber é meu segredo”.

Fica em nossa margem, Senhor da vida.
Limpa indiferenças e rotinas.
De barro somos feitos, ó meu Deus,
Burila-nos cada dia até aos céus.

Ensina-me como se chega a esse país que está para além das palavras e dos nomes.
Thomas Merton

Siga-nos

Visite as livrarias

Quem Somos

Somos uma editora católica, fiel ao carisma de S.João Bosco. Especializados em catequese e pastoral juvenil, estamos em Portugal há quase 70 anos. "Educação e Evangelização" é o nosso lema. Temos lojas próprias nas cidades do Porto, Lisboa e Évora e estamos presentes nas principais livrarias católicas portuguesas.

Contactos

Rua Duque de Palmela, 11
4000-373 PORTO

(+351) 225 365 750

edisal@edicoes.salesianos.pt