Partilhamos o esquema de uma vigília para o tempo da Quaresma. Depois de explicar a profundidade deste tempo, apresenta o texto do evangelho sobre as tentações. 

Material necessário 

Cartaz com a palavra "Quaresma" | Pedra com o nº 40 | Missal | Pão e água | Cancioneiro | Estola roxa | (80) Velas brancas | Carvão | (80) Silhueta pessoa | 

Cântico inicial: Na tua cruz

Na tua cruz segues hoje, Jesus

Acompanha-te onde quer que vás.

No homem que está na prisão

No que sofrerá a tortura

Em nome de Deus.

Cada choro de um menino é

Um clamor que se eleva a ti.

Recorda que ainda vinte séculos depois,

Morres diante de mim.

 

Tu, na tua cruz

Segues hoje

Morrendo diante de mim,

Continuas cravado na cruz. (Bis)

 

Viveste a destruição, Jesus

Comprovaste a escravidão.

O desprezo e a ambiguidade

Marcaram a Tua pele,

Deixaram marcas em Ti.

Os joelhos, ao tropeçar,

Tocaram este mundo cruel.

Teu olhar é hoje

Mais profundo que ontem.

Morres diante de mim.

 

Acolhimento

Presidente – Em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo…

Introdução [Tema: As tentações] 

Leitor 1Sobre tentações

A tentação nem é boa nem é má. É simplesmente inevitável. Qualquer pessoa humana tem tentações, uma vez que, tendo sido criada livre, sempre se lhe apresentarão pela frente caminhos, possibilidades de agir, das quais, geralmente, umas são vistas como boas e as outras como más. Esta multiplicidade de horizontes constitui a tentação. Se a pessoa escolher uma via "correta", cresce e amadurece; se optar por uma "errada", vai tornar-se infeliz. Mas a tentação, em si, não é boa nem má. Passa a ser boa ou má conforme a decisão que cada indivíduo toma perante ela. Não é possível viver sem tentações uma vez que são os desafios naturais à liberdade de cada um. O importante é a decisão sobre a tentação.

Tenho consciência que tomo sempre as melhores decisões sobre as várias tentações que me surgem na vida?

Silêncio

Apresentação da Quaresma

Leitor 2O que é a Quaresma? [cartaz com a palavra “Quaresma”]

Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo: a Páscoa, a ressurreição de Jesus Cristo, que é comemorada no domingo e praticada desde o século IV.

A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior ao Domingo de Páscoa. Durante os quarenta dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa, os cristãos dedicam-se à reflexão, a conversão espiritual e se recolhem em oração e penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que ele suportou na cruz.

Leitor 3Porquê 40 dias? [pedra com o número 40]

O primeiro a viver uma Quaresma foi Jesus porque passou 40 dias no deserto. Aí rezou, jejuou e venceu a tentação. 

Leitor 4Os domingos fazem parte da Quaresma? [Missal]

Celebrando a Quaresma, devemos procurar estar mais perto de Deus e o domingo é o dia do Senhor. Uma coisa a cuidar na Quaresma é como vivemos a eucaristia todos os domingos, conforme a proposta da Igreja. Na verdade, o domingo é sempre uma celebração da Ressurreição, que é a festa central que preparamos durante a Quaresma.

Leitor 5Porque não se come carne às sextas-feiras? E se faz as abstinência? [Pão e água]

Na Quaresma procuramos seguir o exemplo de Jesus, que jejuou no deserto. Portanto, a Igreja estabeleceu que nos privemos à sexta-feira de comer algo característico, como a carne, em memória da morte do Senhor (que celebramos na Sexta feira Santa), como um sinal de sacrifício.

Leitor 6Que outros atos de penitência se podem fazer? [Dois jovens que se abraçam]

É-nos sugerida a oração, a esmola, o dedicar o nosso tempo àqueles que precisam, a participação com empenho nas vigílias e peregrinações e a viver com especial preparação e devoção a confissão ao sacerdote. 

Leitor 7Porque não se prenunciam o Aleluia e o Glória durante a Quaresma? [Cancioneiro]

Aleluia significa "Louvai", e é aclamação marcada pela alegria e pela festa. O clima da Quaresma não combina com esse ambiente totalmente festivo. O Aleluia será uma explosão de alegria na Vigília Pascal. Também o Glória é omitido na Quaresma, pelos mesmos motivos.

Leitor 8 – Que significa a cor roxa? [Estola roxa]

Durante a Quaresma a Igreja veste os seus ministros com vestimentas de cor roxa, que simboliza a tristeza e a dor. A diversidade de cores nas vestes sagradas tem como finalidade expressar de forma mais eficaz as características dos mistérios celebrados. As Escrituras dizem-nos que um manto púrpura foi colocado sobre Jesus durante a sua paixão como um gesto de escárnio pelos romanos. O uso de vestes roxas evoca esse momento. O roxo dará lugar ao branco na Páscoa, que é um símbolo de pureza e glória.

Siga-nos

Visite as livrarias

Quem Somos

Somos uma editora católica, fiel ao carisma de S.João Bosco. Especializados em catequese e pastoral juvenil, estamos em Portugal há quase 70 anos. "Educação e Evangelização" é o nosso lema. Temos lojas próprias nas cidades do Porto, Lisboa e Évora e estamos presentes nas principais livrarias católicas portuguesas.

Contactos

Rua Duque de Palmela, 11
4000-373 PORTO

(+351) 225 365 750

edisal@edicoes.salesianos.pt