Conteúdos... com conta, peso e medida!

no anúncio do Evangelho, é necessário que haja uma proporção adequada. Esta reconhece-se na frequência com que se mencionam alguns temas e nas acentuações postas na pregação (EG 38)

É conhecida a anedota em que havia um padre grande entusiasta pastoral do sacramento da confissão. A propósito de tudo e de nada, lá aproveitava para incentivar as pessoas a confessarem-se. Já os colegas, o bispo e todos os fiéis lhe conheciam a mania. Como tudo o que é demais é moléstia, o bispo, com modos suaves, sugeriu que moderasse esses entusiasmos penitenciais. Que continuasse a convidar à reconciliação mas só quando viesse a propósito. Poucos dias depois celebrava-se a festa de S. José. Naquela paróquia era uma festa grande. Apareceu muita gente. Uns por devoção, outros para verem se o padre ganhava juízo e seguia as indicações do bispo. Na homilia, lá começa ele… S. José era um homem humilde… até aqui tudo bem… Era um homem trabalhador, como tantos dos pais da nossa paróquia… pelos vistos, está mesmo a fazer o que o bispo lhe disse… era um homem que trabalhava com as suas mãos, era carpinteiro, trabalhava com madeira… fazia cadeiras, portas, tudo o que fosse em madeira… mesas, confessionários… a propósito disso convinha falarmos da confissão…

Qual é o problema deste padre? Não é que o sacramento da confissão não mereça destaque… Pelo contrário. Mas a nossa comunicação do evangelho deve ser equilibrada, variada. E deve colocar em primeiro lugar as primeiras coisas.

Quais os temas que tratamos nas nossas catequeses? E quais deixamos de lado? Com que frequência? E qual a abordagem que temos?

Em algumas igrejas há o hábito de dar um grande tempo de antena a temas como a moral sexual ou a defesa da vida ou as injustiças sociais… não é que esses temas não sejam importantes… mas com o exagero deixam-se de lado outros aspectos. Se calhar nas nossas paróquias, nas nossas catequeses, os temas empolados são outros.

Nada de exageros. Respeitar sempre a hierarquias das verdades.

A fazer:

+ Quais os conteúdos propostos na catequese que tem um peso excessivo?

+ E quais estão em falta?

 Próxima Catequese - Catequese 10 - As verdades no centro

Catequese Anterior - Catequese 08 - Um kerygma com critérios

Siga-nos

Visite as livrarias

Quem Somos

Somos uma editora católica, fiel ao carisma de S.João Bosco. Especializados em catequese e pastoral juvenil, estamos em Portugal há quase 70 anos. "Educação e Evangelização" é o nosso lema. Temos lojas próprias nas cidades do Porto, Lisboa e Évora e estamos presentes nas principais livrarias católicas portuguesas.

Contactos

Rua Duque de Palmela, 11
4000-373 PORTO

(+351) 225 365 750

edisal@edicoes.salesianos.pt