Recordam-se do Abrunhosa e do seu "é preciso ter calma..."? O Papa vai na mesma linha...mais ou menos :)

 Muitas vezes é melhor diminuir o ritmo, pôr de parte a ansiedade para olhar nos olhos e escutar, ou renunciar às urgências para acompanhar quem ficou caído à beira do caminho. (EG 46)

Quando pensamos em todos os desafios que a Igreja enfrenta hoje, podemos ficar assustados. É forte aquela sensação que não chegamos para as encomendas. São tantas as coisas a fazer, tantas as urgências… que ficamos ansiosos, nervosos, não sabemos para onde nos havemos de virar em primeiro lugar… e acabamos por não fazer nada.

O Papa convida a ter calma. Já sabemos que não chegamos a tudo. Mas há algumas coisas, alguns desafios que não mesmo prioritários. Como escolher? A parábola do bom samaritano dá critérios. Deixa tudo o que tens em mãos para levantar, acompanhar e curar aquele que está caído à beira do caminho por onde passas.

Se tivesses que escolher entre o carácter litúrgico dos cantos da missa do próximo domingo e a atenção ao adolescente cujos pais se estão a divorciar… o que é que farias?

A fazer:

+ Já te aconteceu teres de escolher entre cumprir o programa e prestar mais atenção às necessidades do grupo?

+ O Papa compara a acção evangelizadora com a acção do bom samaritano. Quais dos teus catequizandos pode ser comparado ao homem ferido, à beira do caminho? Quais as suas “feridas”?

Próxima Catequese - Catequese 08 - Um kerygma com critérios

Catequese Anterior - Catequese 06 - Acompanhar com misericórdia e paciência

Siga-nos

Visite as livrarias

Quem Somos

Somos uma editora católica, fiel ao carisma de S.João Bosco. Especializados em catequese e pastoral juvenil, estamos em Portugal há quase 70 anos. "Educação e Evangelização" é o nosso lema. Temos lojas próprias nas cidades do Porto, Lisboa e Évora e estamos presentes nas principais livrarias católicas portuguesas.

Contactos

Rua Duque de Palmela, 11
4000-373 PORTO

(+351) 225 365 750

edisal@edicoes.salesianos.pt