fbpx

Titus Zeman foi um salesiano eslovaco que deu a sua vida pela causa das vocações. E vai a caminho dos altares.

No pasado dia 7 de Abril, o Congresso peculiar dos Consultores teólogos junto à Congregação das Causas dos Santos deu parecer positivo sobre a sua causa de betaificação.

Tito Zeman nasceu de uma família cristã no dia 4 de janeiro de 1915, em Vajnory, perto de Bratislava. Em Turim, no dia 23 de junho de 1940, chegou à meta tão desejada do Sacerdócio. Quando o regime comunista checoslovaco, em abril de 1950, vetou as ordens e congregações religiosos, e começou a deportar consagrados e consagradas para os campos de concentração, organizou viagens clandestinas em direcçao a Turim, Itália, para possibilitar aos Salesianos jovens completarem seus estudos eclesiásticos.

O Servo de Deus organizou duas expedições para mais de 60 Salesianos Jovens. Na terceira, o P. Zeman, junto com os viajores, foram presos. Foi submetido a duro processo, durante o qual foi descrito como traidor da pátria e espião do Vaticano, arriscando mesmo a morte. No dia 22 de fevereiro de 1952, vistas algumas circunstâncias atenuantes, foi condenado a 25 anos de pena.

O P. Zeman saiu da prisão depois de 12 anos de reclusão, aos 10 de março de 1964. Já irremediavelmente marcado pelos sofrimentos passados no cárcere, morreu cinco anos depois, no dia 8 de janeiro de 1969, circundado por uma gloriosa fama de martírio e de santidade.

É uma boa notícia para os salesianos e para os amigos de Dom Bosco. Mas tambem para todos aqueles que trabalham e rezam pelas vocações.

Siga-nos

Visite as livrarias

Quem Somos

Somos uma editora católica, fiel ao carisma de S.João Bosco. Especializados em catequese e pastoral juvenil, estamos em Portugal há quase 70 anos. "Educação e Evangelização" é o nosso lema. Temos lojas próprias nas cidades do Porto, Lisboa e Évora e estamos presentes nas principais livrarias católicas portuguesas.

Contactos

Rua Duque de Palmela, 11
4000-373 PORTO

(+351) 225 365 750

edisal@edicoes.salesianos.pt