Falar em D.Bosco é falar em jovens. Mas também é falar em comunicação. A sua faceta de editor talvez seja menos conhecida mas igualmente importante.

Dom Bosco compreendeu desde cedo a importância a comunicação. A carta que ele escreveu sobre a divulgação da boa imprensa é uma espécie de carta magna: ele expressa o seu coração apostólico, sua fé e sua visão empresarial.

 

O santo italiano considerou a comunicação como um campo prioritário da missão (1): "A difusão de bons livros é um dos principais objetivos da nossa Congregação ... Peço-vos que não negligenciem essa parte muito importante da nossa missão". É, também, importante sublinhar que, na primeira audiência com o Papa Pio IX, como foi contado por Miguel Rua que o acompanhou, à pergunta do Papa sobre "Com o que é que vocês se preocupam?", Dom Bosco respondeu com estas palavras: "Sua Santidade, cuido da educação dos jovens e de boa literatura católica(MB vol 5) 

Além da "difusão da boa imprensa", Dom Bosco usou todas as ferramentas e linguagens de comunicação disponíveis no seu tempo de educação: teatro, academias, música,...

O fundador dos Salesianos usou uma ampla gama de estratégias de comunicação para alcançar os jovens, alguns dos quais sem educação e até analfabetos. Ele sabia narrar, celebrar, confessar… Essas qualidades tornavam-no um comunicador nato. Mas ele também sabia como usar os jogos, a magia, as "boas noites", à narração de sonhos, as histórias e a liturgia.

 

Dom Bosco também percebeu o poder da informação para a animação espiritual da família salesiana e para a mobilização da sociedade para as suas causas. A criação do "Boletim Salesiano" respondeu precisamente a estes propósitos. Hoje, as possibilidades de oferecer informações e criar comunhão, seguindo os passos de Dom Bosco, são enormes: entre elas a ANS, os vários sites da Congregação, as redes sociais, etc.

 

Com uma visão clara e orientada para a educação e evangelização das classes jovens e populares, o santo italiano pensou na comunicação como um sistema integrado: "As nossas publicações tendem a formar um sistema ordenado, que abrange em grande escala todas as classes que compõem a sociedade humana" (2). Na verdade, a palavra "sistema" é querida a Dom Bosco, que o usa particularmente para indicar o todo e a articulação entre os elementos que caracterizam seu estilo de educação: o sistema preventivo (3).

 

Como vemos, há muito mais para descobrir e atualizar sobre a faceta comunicativa de D.Bosco. Comunicador excepcional, sabia socorrer-se das ferramentas necessárias e úteis à sua prática educativa e à realização da sua missão. 

(4) Don Bosco, Carta Circular sobre a difusão da Boa imprensa, 19 marzo 1885. In Epistolario, vol. 4, pp.318-321

(5) Idem

(6) ACG 290, p.10

 

      Fonte do Artigo: Sistema Salesiano de Comunicação Social - Linhas Orientadoras para a Congregação Salesiana, Dicastério para a Comunicação Social

Siga-nos

Visite as livrarias

Quem Somos

Somos uma editora católica, fiel ao carisma de S.João Bosco. Especializados em catequese e pastoral juvenil, estamos em Portugal há quase 70 anos. "Educação e Evangelização" é o nosso lema. Temos lojas próprias nas cidades do Porto, Lisboa e Évora e estamos presentes nas principais livrarias católicas portuguesas.

Contactos

Rua Duque de Palmela, 11
4000-373 PORTO

(+351) 225 365 750

edisal@edicoes.salesianos.pt